Nano dispositivos e nanossistemas eletrônicos e fotônicos

O CTI-Nano integra o Sistema Nacional de Laboratórios de Nanotecnologias do Brasil (SisNano 2.0) como laboratório estratégico, oferecendo suas instalações a usuários públicos e privados para atividades de P&D e inovação em nanotecnologias.

O CTI-Nano é organizado como um arranjo de três principais laboratórios abertos (LAmina, LAimage e LApacs) e cinco outros laboratórios de apoio, mantendo o modelo multiusuário. O CTI-Nano é capaz de apoiar projetos de P&D em nanodispositivos eletrônicos e fotônicos, cobrindo etapas de design, fabricação, encapsulamento e caracterização eletro-óptica.

As linhas de pesquisa desenvolvidas e apoiadas pelo CTI-Nano são baseadas em tecnologias habilitadoras, visando principalmente aplicações em Indústria 4.0 e Saúde Avançada.

Laboratório Estratégico

Credenciado

Linhas de Pesquisa

Empacotamento avançado

Sensor IR para míssel

Microgripper

Detecção de PL de quantum dots

Nanocaracterização in situ e in operando

Nanosonda elétrica

Display FED

Emissão de campo elétrico com nanotubos de carbono

Eletrônica têxtil

Filamento têxtil condutor recoberto com SWCNT

Laboratórios e ferramentas disponíveis

Perguntas Frequentes

Laboratórios abertos são ambientes de aprendizagem com equipe multidisciplinar e infraestrutura de acesso livre para auxiliar estudantes, pesquisadores, inventores, empreendedores e startups para desenvolverem, de maneira colaborativa, produtos, processos, negócios inovadores e gerar conhecimento científico. Fonte: MCTIC (adaptado)
Os usuários terão à disposição máquinas, equipamentos e softwares para desenvolver sua pesquisa, produtos ou processos. Os usuários são treinados para o uso dos equipamentos e, salvo exceções, poderão operar os mesmos. Os laboratórios abertos proporcionam um ambiente saudável para troca de idéias, experiências e possibilitam a formação de parcerias e redes colaborativas. Fonte: Fonte: MCTIC (adaptado). Acesse Informações e encontre mais dados sobre como utilizar os Laboratórios Abertos.
Os espaços são destinados a: pesquisadores, estudantes, empresas, startups e inventores que querem desenvolver seus projetos, seja para divulgação científica ou para coloca-los no mercado. O acesso é franqueado mediante contrapartida financeira ou não financeira de acordo com a política de inovação do CTI e o regramento interno. Fonte: Fonte: MCTIC (adaptado). Acesse Informações e encontre mais dados sobre como utilizar os Laboratórios Abertos.